O transporte de bicicletas inteiras em comboios da CP é limitado aos comboios Urbanos e Regionais, cuja cobertura territorial é cada vez mais escassa e cujos horários e frequência são cada vez menos satisfatórios (foto: Paulo Ricca/Público)

As condições atuais de transporte de bicicletas nos comboios da CP estão longe de providenciar um serviço moderno e eficaz para o transporte de bicicletas. O espaço dedicado é em alguns casos insuficiente, mas o mais grave é que a abrangência geográfica dos comboios com permissão para o transporte de bicicletas é cada vez menor. Neste momento o serviço está reduzido aos comboios urbanos e regionais, estes últimos com percursos cada vez mais reduzidos, menor frequência e horários cada vez menos satisfatórios.
Mesmo nos comboios em que é possível o transporte de bicicletas, não raras vezes é negada essa possibilidade pelo revisor por alegada falta de condições, o que acaba por criar enormes transtornos de última da hora a quem programou determinada viagem e precisa mesmo de transportar a bicicleta.

Ou seja, é cada vez mais difícil transportar bicicletas nos serviços da CP.  No entanto, essa prática constrasta enormemente com o que se verifica na maioria dos operadores de transporte ferroviário no resto da Europa.

Transporte de bicicletas num TGV em França. Até nos comboios de grande velocidade, onde geralmente o espaço disponível é mais escasso, os operadores europeus têm vindo a oferecer cada vez melhores condições de transporte de bicicletas. Em Portugal, acontece o inverso. (foto: 26in.fr)

Considerando ainda que:

  1. A bicicleta é um meio de transporte eficaz para pequenas deslocações (ambiente urbano) mas também para viajar (cicloturismo) em complemento com outros meios de transporte, com inúmeros benefícios para os seus utilizadores e em especial para a qualidade de vida das cidades;
  2. São cada vez mais os utilizadores de bicicleta como meio de transporte, seja para ir para o emprego, escola, etc, seja para viajar pelo país;
  3. A intermodalidade entre a bicicleta e outros meios de transporte é extremamente importante no desenvolvimento de uma política de mobilidade sustentável, que beneficie a vida nas cidades;
  4. A generalidade das Câmaras Municipais do país tem investido na criação de condições para o uso da bicicleta como meio de transporte;
  5. O comboio, pelas suas características, é o meio de transporte público mais adequado para transportar o ciclista e a respetiva bicicleta;
  6. As boas práticas europeias neste domínio comprovam que, sem grandes investimentos, é possível criar condições nas carruagens para o transporte gratuito de bicicletas, sem transtorno para o ciclista e demais passageiros;
  7. O cicloturismo é um dos modelos de turismo ativo com maior crescimento a nível mundial, possuindo o nosso país condições excelentes para esta prática;
  8. O número de passageiros nos comboios (sobretudo comboios interurbanos) tem vindo a decair de forma alarmante em Portugal;
  9. O transporte da bicicleta nos comboios é uma prática generalizada no resto da Europa, ajudando os caminhos de ferro a conquistar novos mercados e à CP a projectar uma imagem de modernidade e responsabilidade social e ambiental própria de uma empresa de serviço público.

A MUBi criou uma petição a solicitar que:

  • Sejam criadas boas condições para o transporte de bicicletas em todos os comboios (incluindo Alfa Pendular e Intercidades), indicando claramente no cais de embarque a localização das carruagens que permitem transportar bicicletas, e permitindo o seu transporte sem a exigência de desmontar partes da bicicleta ou de a embalar.
  • Sejam reforçadas as condições de acesso aos cais de embarque para os ciclistas e suas bicicletas, permitindo a utilização de escadas rolantes e elevadores caso estas sejam as únicas formas de acesso.

Se concorda com esta petição, assine-a desde já e divulgue-a junto dos seus contactos.

A petição será entregue ao Conselho de Administração da CP. A MUBi acompanhará atentamente a reacção da empresa face a este pedido e manterá os sócios informados através do blogue.

2 Responses to Para quando melhores condições de transporte de bicicletas em todos os comboios da CP?

  1. Mario diz:

    Muito simples os dados são públicos e fáceis de consultar. Aqui por exemplo: http://anossaterrinha.blogspot.pt/2013/07/nos-quatro-anos-de-blogue-ferrovia-10.html

  2. Fernando Magalhães diz:

    Não sei até que ponto é que a petição tem o seu texto já consolidado por consensos alargados ou até se já foi veiculado, de alguma forma, para a informação pública ou institucional, uma vez que me estou a iniciar na orgãnica daMUBi. Constato porém que o ponto 8 aparenta ser, para o leigo, uma frase atirada de forma gratuita , sem conter em si, informação suficiente para a credibilizar. O leigo deveria ser informado do horizonte temporal a que se reporta o alegado decréscimo da procura dos comboios e também em que dados estatísticos ou em que fonte se baseia a afirmação.
    Fernando Magalhães

Responder a Fernando Magalhães Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *