Exmo. Senhor Presidente Manuel Tomás Cortez Rodrigues Queiró

De acordo com notícias vindas a público, a Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário (EMEF) vai iniciar este ano a remodelação profunda de 10 Alfas Pendular da CP.

De acordo com a Resolução da Assembleia da República n.º 43/2013, deverá haver “A continuação dos esforços de alargamento do transporte de bicicletas aos comboios Intercidades e, se tecnicamente possível, também ao Alfa Pendular, tornando esse transporte uma realidade nos próximos meses.”

Em Setembro de 2012, a MUBi criou uma petição, que contou com quase 2 000 assinaturas, a solicitar, entre outras coisas, que:

Sejam criadas boas condições para o transporte de bicicletas em todos os comboios (incluindo o Alfa Pendular e o Intercidades), indicando claramente no cais de embarque a localização das carruagens que permitem transportar bicicletas, e permitindo o seu transporte sem a exigência de desmontar partes da bicicleta ou de a embalar.

Vimos, por isso, solicitar que a remodelação das carruagens dos Alfa Pendulares contemple o transporte de bicicletas.

A permissão de transporte de bicicletas apenas se desmontadas e embaladas como bagagem não é uma opção para quem viaja de bicicleta, e muito menos para quem transporta a sua bagagem na própria bicicleta. Esta lacuna impede a opção pela bicicleta em trajetos multimodais e para cicloturismo regional ou nacional.

Lembramos, ainda, que, apesar dos anúncios públicos da vossa empresas que todos os intercidades, assim como os regionais das linhas do Minho e Douro, estariam equipados para transportar bicicletas até final de 2014 ainda não é uma realidade na Rede Intercidades das linhas da Beira Alta, Alentejo e Sul nem nas linhas do Minho e Douro.

Gostaríamos também questionar para quando a transformação total das composições dos Intercidades e nas linhas do Minho e Douro (que apesar de serviços Regionais, continua a não se permitir o transporte de bicicletas)?

A MUBi disponibiliza-se desde já para o que for preciso para apoiar a CP a suprir esta falha de serviço da CP.

A direção

6 Responses to Remodelação dos Alfas Pendular e o transporte de bicicletas

  1. Carlos Teixeira says:

    Este foi o post mais recente que encontrei aqui sobre comboios. Contudo o problema está a anos-luz de estar resolvido. A avaliar pelas condições anunciadas pela CP em

    https://www.cp.pt/passageiros/pt/informacao-cliente/informacao-util/transporte-bicicletas

    ainda estamos na pré-história.
    Pelo que percebo garantem-se 2 bicicletas normais (não dobráveis ou desmontáveis) por comboio de longo curso. No caso da Linha da Beira Baixa é apenas uma.

    Terei percebido bem?
    Nos EUA, país particularmente avesso às mobilidades suaves, há décadas que existem carruagens inteiras só para ciclistas!

    Disponível para colaborar em alguma acção concertada.
    Obrigado pela atenção.

  2. Paulo Ricca:

    Tem toda a razão. De facto fomos induzidos em erro porque o site pedais.pt não tinha qualquer atribuição na fotografia e por isso assumimos naturalmente que a foto lhes pertencia.

    http://pedais.pt/todos-os-comboios-intercidades-equipados-para-transportar-bicicletas-ate-ao-fim-de-2014/

    Iremos mudar a fotografia imediatamente.

    • Paulo Ricca says:

      Não peço que removam a foto, apenas penso que lhe deveria ser atribuída autoria correcta. Nada tenho contra a sua utilização, muito antes pelo contrário.
      Devo mesmo dizer que só comentei por a atribuição ser incorrecta, se não houvesse atribuição de autoria de todo nem me daria ao trabalho de falar, tantos são os casos… 🙂

  3. Paulo Ricca says:

    Todo o apoio a esta iniciativa, mas o que me leva a comentar é outra questão: a fotografia é da minha autoria, foi publicada no jornal “Público” (para onde já não trabalho) há alguns anos atrás. Como utilizador frequente de bicicleta que sou, e mesmo que não o fosse, cedê-la-ia sempre de bom grado para este fim. Mas a utilização desta forma, atribuída a “pedais.pt” é incorrecta e abusiva.
    A pesquisa da origem da foto é relativamente fácil de fazer com uma busca por imagens na web

    • António Martins Neves says:

      Dei agora com esta questão, que me diz respeito, e gostaria de esclarecer que a questão tem a ver com a estrutura do site: permite identificar o autor da foto que acompanha o texto e não o autor da foto da manchete. No backoffice permite colocar também a identificação do autor e/ou legenda (no caso está, desde o início da publicação, o texto “(Foto: Paulo Ricca/Público)”, que não é, contudo, visível para o público. As minhas desculpas pelo transtorno causado, vou tentar resolver a questão quanto antes. Obrigado.António Martins Neves

Leave a Reply to Lucas Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *