Por ocasião das Eleições Legislativas de 10 de Março a MUBi decidiu reeditar o Manifesto de 2022 que apresenta um conjunto de 10 medidas prioritárias, à escala nacional, para mudar a mobilidade urbana em Portugal, que gostaríamos ver assumidas pelo próximo governo.

Podes consultar aqui o nosso Manifesto para as Eleições Legislativas de 2024:

➞ […]

Ler mais

Nos últimos meses, a Assembleia Municipal do Porto tem debatido as temáticas da Cidade dos 15 Minutos e da Mobilidade no Porto. A MUBi, especialmente a secção local do Porto, tem acompanhado o desenrolar dos trabalhos e dado o seu contributo enquanto associação da sociedade civil.

No dia 20 de Novembro, em reunião solicitada pelo […]

Ler mais

A MUBi apresentou ao Governo e partidos na Assembleia da República um conjunto de 16 medidas prioritárias para o Orçamento do Estado para 2024, que contribuirão para acelerar a transição para uma mobilidade urbana mais saudável, justa, eficiente e sustentável. As medidas incluem o reforço substancial de recursos humanos e financeiros para as estratégias nacionais […]

Ler mais

Proposta para retomar a continuidade dos sentidos de trânsito nas laterais da Avenida da Liberdade é um triste regresso a um passado congestionado e poluído. Os limites máximos de poluição exigidos a nível nacional e europeu são já frequentemente ultrapassados, contrariamente às boas práticas de outras capitais europeias. O futuro passa por encorajar a mobilidade […]

Ler mais

Esta tomada de posição surge na sequência do Comunicado feito pela MUBi – Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta, em Fevereiro, aquando do início das obras preparatórias da criação do novo transporte público entre a Foz e a Boavista, no qual nos insurgimos contra a considerável degradação das condições para a mobilidade activa e suave, […]

Ler mais

No dia 8 de Julho, a MUBi participou no festival EcoolFest, nos Jardins do Museu Nacional Soares dos Reis, no Porto — um local onde ainda existe parte do antigo Velódromo Rainha Maria Amélia, fundado pelo Velo Club do Porto, em 1893.

Participámos numa mesa redonda sobre Mobilidade Sustentável, na qual partilhámos ideias com Filipe […]

Ler mais

Três quartos dos aveirenses deslocam-se de carro, mais que há dez anos e mais que no resto do país. Para cumprir as metas para esta década, a autarquia tem de alterar radicalmente as suas políticas de mobilidade. A MUBi propõe um conjunto de investimentos prioritários a candidatar ao quadro de apoios Portugal 2030, contribuindo para […]

Ler mais

A proposta de actualização do PRR Português continua ter pouco financiamento dirigido às recomendações do Plano RePowerEU da Comissão Europeia relativamente à mobilidade sustentável em geral e mobilidade activa em particular. Sem uma profunda revisão desta actualização, mais uma vez, o PRR continuará sem apoios à mobilidade activa.

Nos Planos de Recuperação e Resiliência (PRR) […]

Ler mais

A MUBi entregou ao Governo um conjunto de recomendações para a actualização do Plano Nacional Energia e Clima 2030 (PNEC 2030). Portugal só conseguirá cumprir os objectivos de descarbonização com uma significativa redução do número de automóveis em circulação. A MUBi propõe que o PNEC 2030 estabeleça a meta de reduzir a distância total percorrida […]

Ler mais

Pela sua dimensão, longevidade, custos e impactos na vida de milhões de portugueses, o Plano Ferroviário Nacional deverá estar integrado com, e contribuir para, as estratégias de mobilidade sustentável em todas as escalas territoriais. Lamentavelmente, a proposta colocada em consulta pública ignora por completo a intermodalidade da ferrovia com a mobilidade activa. A intermodalidade da […]

Ler mais

Assembleia Geral 2023

On 21 de Fevereiro de 2023 By

Conforme comunicação enviada a associados/as, a Assembleia Geral ordinária, nos termos do artigo 19.º do Regulamento da MUBI, irá realizar-se no Sábado, dia 18 de Março de 2023, pelas 15h00 horas, em modo online, de forma a possibilitar a presença de todos os associados, independentemente do local de residência.

Se à hora marcada não se encontrar […]

Ler mais

No contexto da Estratégia Nacional para Mobilidade Activa Clicável 2020-2030, enviámos para o Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) uma primeira reflexão sobre a necessidade de revisão do Código da Estrada e Regulamento de Sinalização do Trânsito.

Conceitos e metodologia 

O objectivo primário do Código da Estrada é a redução […]

Ler mais

As estratégias nacionais para a mobilidade pedonal e em bicicleta prevêem que, em oitos anos, a utilização destes modos constitua perto de metade das deslocações quotidianas dos portugueses. Para o país inverter o crescimento do uso do automóvel e mudar radicalmente os padrões de mobilidade urbana, é preciso que a ENMAP 2030 e a ENMAC […]

Ler mais

Introdução

Ao contrário de todos os outros sectores económicos, que têm reduzido emissões, na mobilidade e transportes as emissões sobem continuamente há uma década e são hoje em Portugal 60% superiores ao que eram em 1990. Este é, desde 2019, o sector com maior peso (28%) nas emissões do país[1] e responsável por 37% […]

Ler mais

Depois de o Plano de Recuperação e Resiliência ter destinado zero investimento à mobilidade activa, é inaceitável que também o Programa para a Acção Climática e Sustentabilidade (PACS) [1], do Portugal 2030, exclua os modos de transporte mais saudáveis, económicos, energeticamente eficientes e ambientalmente sustentáveis – o caminhar e a utilização da bicicleta.

As emissões […]

Ler mais

A MUBi defende metas mais ambiciosas para os modos activos (caminhar e bicicleta) na actualização do Plano Intermunicipal de Transportes da Região de Aveiro (PIMTRA). Contudo, uma adopção significativa dos modos sustentáveis só será conseguida se, em conjunto com medidas que ofereçam alternativas atraentes ao uso do carro, existirem medidas determinadas para desincentivar a utilização […]

Ler mais

O sector dos transportes em Portugal é responsável por 37% do consumo de energia final. Nas áreas urbanas, mais de 30% das viagens de carro são inferiores a 3 km e 50% delas até 5 km, e a transferência para um uso mais intensivo dos modos activos (caminhar e bicicleta) permite proporcionar poupanças energéticas substanciais […]

Ler mais

MUBi propõe recomendações para tornar Lisboa uma Cidade Viva e Acessível. O documento tem o apoio de 11 associações e sugere medidas no âmbito da mobilidade, com o intuito de planear o futuro da cidade, proteger o dia-a-dia das pessoas, desenhar a cidade de forma equitativa e activar a mobilidade sustentável. 

Ler mais

A Câmara Municipal do Porto abriu a discussão pública uma possível intervenção nas Avenidas Atlânticas – a Av. do Brasil e a Av. de Montevideu. Apelamos à participação de todas as pessoas interessadas, até ao final de Março e juntamos a posição da MUBi caso a queiram utilizar.

Ler mais

Decorreu este mês a Assembleia Geral electiva da MUBi, na qual foram votados e aprovados os relatórios de actividades e contas 2021 e eleitos os novos Órgãos Sociais para os próximos dois anos, que passam a ter uma maior presença feminina.

Ler mais